EMEJE - Encontro de Mocidades e Juventude Espírita

 

“Caminheiro, no caminho

Em busca da direção

Da expulsão do Paraíso

À Terra da Promissão

Do suor do vosso rosto

Angariareis o pão

Alívio – Tim e Vanessa

            Já imaginou 300 jovens espíritas do centro oeste mineiro em regime de internato por 4 dias, dispostos, além de estudar a doutrina, coloca-lá em prática? Convivendo em harmonia, dormindo menos de 7 horas por noite, ouvindo palestras? Em pleno carnaval? E felizes por estarem ali exatamente desta forma? Não?

            Isso é possível e acontece todos os anos, graças ao EMEJE – Encontro de Mocidades e Jovens Espíritas – que acontece na região centro oeste no período de carnaval. Um encontro que teve sua primeira edição em 1987 e nestes 27 anos manteve um ritmo acelerado de crescimento, até que em 2010 foi necessário desmembra-lo em 2 encontros, surgindo o EMEJE triângulo. Hoje conta com a participação de mais de 200 jovens da região do triângulo mineiro.

“Deixei meu pai, meu mar, meu cais

E busquei meu lugar junto a Ti
Chamas – Tim e Vanessa

            Cada ano um tema central é desenvolvido nos 4 dias de evento. As palestras sempre mais dinâmicas são o ponta pé inicial e uma forma de encerramento do encontro. As salas de estudos com grupos menores são meios de facilitar as discussões iniciadas na palestra, fazer com que o jovem exponha sua opinião sem medo e aumentar o interesse do grupo em estudar o assunto abordado. Um grupo menor, mais coeso e integrado promove mais facilmente o debate e minimiza a timidez dos participantes.

            As AFRAC’s são oficinas na área das artes, local em que é possível se expressar, expor seus sentimentos e emoções das mais diversas formas. Teatro, Dança, Música, envolvem os participantes de todas as formas, algumas vezes até fisicamente. As oficinas de Relacionamento Interpessoal e Escrita Criativa, levam cada indivíduo  a explorar os mais profundos sentimentos, trazer a tona as mais variadas emoções e se entregar por completo. Há aqueles que com dificuldades de se expressar verbalmente acabam participando das Artes Plásticas, Desenho, Pintura, mas isso não quer dizer que estão isentos de falar.

“Mas quando eu lembro

E vejo quanta coisa boa que eu já vivi com você

Eu sinto a energia envolvente do passado a renascer

Só lembro e agradeço muito ao pai pela beleza

De na mente eu te trazer

Como é bom estar contigo – Denis Soares

            O encontro transcende os estudos, as palavras, as expressões. Vai além do físico, do ambiente, do tempo e do tamanho.

            É um encontro de almas afins. Jovens que buscam um significado para a atual existência, que buscam um ideal, que querem um mundo melhor, de se tornarem melhores para o mundo hoje.

            É troca de energia, é um despertar da alma, um descanso para o Espírito.

            É um caminho a seguir, são histórias, exemplos, vivências.

            É um tapa de luva para retornamos ao caminho correto. É tentar descobrir qual caminho trilhar. É não estar sozinho. Um amor pela causa. É ter certeza que nada é em vão e que é possível recomeçar. É acreditar que tudo passa, e que hoje será sempre melhor que ontem. É buscar ser seu próprio melhor a cada dia. É amizade, carinho, afeto, afago, conforto, consolo, respeito, fé. É AMOR!

            É um sonhar juntos, viver juntos, realizar, evoluir.

            É se envolver de corpo e alma.

            É saber que cada abraço, cada bom dia, cada gesto, cada (re)encontro, cada sorriso nos fará acreditar em um futuro melhor, na esperança de novos dias, e que cada amanhecer é uma nova chance de ser feliz, e fazer o outro feliz. E se realizar.

“Oh meu Avatar quando penso em ti

Minha alma voa

E o pensar em ti faz dentro de mim uma coisa boa

Encontro – Will de Barros